Edital da STTU para operação de linhas por alternativos tem baixa adesão

A Chamada Pública para que permissionários do transporte público de Natal assumam a operação das linhas devolvidas durante a pandemia pelo Sindicato das Empresas de Transporte Urbano do RN (Seturn) teve uma baixa adesão, conforme apurou a TRIBUNA DO NORTE.

Com inscrições encerradas na última segunda-feira (20), os permissionários protocolaram pedidos para operar cerca de 15% do total de veículos ofertado pela Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU), que é de 144 previstos no edital. Foram inscritos 22 veículos, que terão seus pedidos analisados pela STTU. Ao todo, são 34 linhas ofertadas.

De acordo com representantes da categoria de permissionários de Natal, uma série de fatores contribuiu para que os proprietários perdessem o interesse nas linhas, como o caráter temporário e precário da chamada pública, os custos para compra e manutenção de um micro-ônibus, em média R$ 130 mil, e a exigência de Certidão Negativa ou Positiva com Efeito Negativo de Débitos junto à Fazenda Pública de Natal.

Tribuna do Norte

Links

Radio Nordeste Evangélica 2015 - Todos os direitos reservados