Comunidade e Prefeitura dão as mãos neste sábado,7, por limpeza urbana.

Uma iniciativa dos moradores no bairro de Nova Esperança, por meio do projeto sociocultural Sementinhas  da Esperança, encontrou na Prefeitura de Parnamirim, o apoio necessário para promover uma conscientização sobre a contribuição que cada cidadão pode dar para promover e manter a limpeza pública.

A ação “Nova Esperança em Casa” terá sua concentração no próximo sábado (7), Dia Internacional da Saúde, a partir das 07h30, em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Nova Esperança e terá apresentações culturais, panfletagens e a presença dos atores sociais envolvidos: órgãos municipais, iniciativa privada e moradores do bairro.

“O descarte inapropriado de lixo acarreta problemas de saúde e afeta a todos. Promove graves problemas, como a proliferação da dengue, zika e chikungunya”, alerta Rárika Bastos,  técnica da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (SELIM).

“O bairro de Nova Esperança, com apoio da Prefeitura, está convocando a todos, vizinhos, moradores e autoridades, para que cada um faça a sua parte pela limpeza urbana, promovendo uma mudança de consciência e o bem-estar de cada cidadão”, reforça a técnica da SELIM, Rárika Bastos.

Além da SELIM, participarão desta ação, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC), a Secretaria Municipal de Saúde (SESAD), a Secretaria de Assistência Social (SEMAS), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (SEMSUR), representantes da iniciativa privada, condomínios, escolas, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN), Campus Parnamirim e a comunidade em Nova Esperança.

As ações em prol desta iniciativa já começam amanhã, quarta-feira (04), nas escolas localizadas em Nova Esperança e outros prédios públicos, onde haverá panfletagem promovida pela SELIM sobre a conscientização para a limpeza pública, além da distribuição de sacos de lixo.

“Essas ações serão contínuas ao longo deste ano. A ideia é permitir que todos colaborem com o ideal comum de ter um bairro limpo e saudável, onde todos tenham a consciência de que podem colaborar para que que a limpeza pública seja mantida adequadamente”, disse a técnica da SELIM, Rárika Bastos.

Fonte: Prefeitura de Parnamirim

Links

Radio Nordeste Evangélica 2015 - Todos os direitos reservados